Mais vistos

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Paris pela primeira vez


Ah, Paris. Que vontade de voltar e desvendar cada canto daquela cidade.
Fui somente uma vez, no verão, e fiquei 5 dias lá. Muito pouco pra essa cidade cheia de história. Aliás, por esse motivo, busquei muitas informações no Wikipedia pra explicar melhor à vocês.


Paris, a cidade às margens do Rio Sena

Se você for à Paris no verão, eu sugiro que conheça a cidade à pé. Apesar de ser uma cidade grande, os pontos turísticos não são tao longes uns dos outros (mas prepara o tênis porque não dá pra andar de chinelo e nem sapatilha) e é uma delicia andar a pé pelas ruas e avenidas de Paris.


Museu du Louvre

Comecei meu tour por ele. Mas como o museu é muito grande, não conheci todas as salas. Optei por algumas que mais me interessavam. A primeira parada foi no térreo onde está o acervo do Egito antigo. Com mais de 50 mil objetos que abrange desde o Egito antigo, passando pelo periodo helenístico, romano e bizantino. A coleção inclui papirus, múmias, amuletos, vestuários, jóias, instrumentos musicais, jogos e armas.


Foto arquivo pessoal



Famosas Piramides de vidro

Pátio que fica bem ao meio do museu
Depois fui direto para a ala das pinturas, onde está o famoso quadro Monalisa, de Leonardo Da Vinci. Aqui se encontra a maior concentração de pessoas. Alunos de história da arte tentando desvendar os segredos por trás do quadro de Da Vinci, leigos em artes observando e se perguntando porque este pequeno quadro tem um significado tão importante na história da humanidade e muitos turistas tirando foto, de todos os ângulos, simplesmente pra contar que viram o famoso quadro de perto. O mais interessante pra mim foi observar o comportamento das pessoas ao redor desta obra prima, porque a obra mesmo eu tive o prazer de estudar um pouco nas aulas de história da arte, na faculdade.
Bom, saindo um pouco do burburinho da Monalisa, fui ver outras obras famosas como:o auto retrato de Rembrandt, bodas de Cana de Paolo Veronese, a morte da virgem, de Cravaggio, a virgem das rochas, de Leonardo Da Vinci.
De lá, segui para ver a escultura da Vênus de Milo, estátua da Grécia Antiga de autor desconhecido. Acredita-se que ela era Afrodite, deusa do amor. A estatua é datada de 130 a.C e existe um mistério sobre os braços dela. Para ler mais informações clique aqui.



Vênus de Milo


Não fui em todas as alas do museu, mas vou colocá-las aqui pra vocês saberem o que tem lá:

antiguidades do Oriente, arte grega, romana e etrusca, arte islâmica, artes gráficas, pinturas, esculturas, artes da Africa, Asia, Oceania e das Américas, objetos e Oriente mediterrâneo no império romano. Para ter acesso ao mapa em português, clique aqui. Fonte: mapa e informações tiradas do site destinationanywhere.com e wikipédia.


Jardin des Tuileries


Um lindo jardim localizado à direita do rio Sena, entra a praça de la Concorde e o Carrossel.
Este jardim foi feito por ordem de Catarina de Medici, para decorar o Palácio das Tulherias (foi destruído por um incêndio e depois demolido. Existem projetos para sua reconstrução, mas até agora nada foi iniciado).


Foto tirada da internet



Notre Dame

É uma das mais antigas catedrais de Paris em estilo gótico. O nome Notre Dame significa Nossa Senhora, e por esse motivo, a catedral é dedicada à Maria, mãe de Jesus. A catedral está localizada na Île de la Cité, onde nasceu Paris, e rodeada pelo Rio Sena.



Catedral de Notre Dame
Assistimos um pedaço da missa lá dentro da Catedral







Torre Eiffel

A torre está localizada na Champs de Mars em Paris. É o ícone da cidade, o monumento pago mais visitado do mundo e o edifício mais alto de Paris.





"A torre possui 324 metros de altura. Foi a estrutura mais alta do mundo desde a sua conclusão até 1930, quando perdeu o posto para o Chrysler Building, em Nova YorkEstados Unidos. Não incluindo as antenas de transmissão, a Torre é a segunda estrutura mais alta da França, atrás apenas do Viaduto de Millau, concluído em 2004. A torre tem três níveis para os visitantes. Os ingressos podem ser adquiridos nas escadas ou elevadores do primeiro e do segundo nível. A caminhada para o primeiro nível é superior a 300 degraus. O terceiro e mais alto nível só é acessível por elevador. Do primeiro andar vê-se a cidade inteira, tem sanitários e várias lojas e o segundo nível tem um restaurante." informações tiradas do Wikipedia.


Foto arquivo pessoal




Tinha lido em um guia que o melhor horário para subir na torre era ao entardecer. E realmente foi lindo. Subimos 1 hora e meia antes do sol começar a se por e pudemos apreciar a vista com a claridade do dia. Depois vimos as luzes da cidade quando escureceu. Na descida a torre já estava piscando como na foto a cima. Muito lindo.


Vista de dentro da Torre Eiffel


Arco do Triumfo


Situado no encontro de duas famosas avenidas de Paris, a Charles de Gaulle e a Champs Élysées, o Arco do Triunfo é um monumento que foi construido em comemoração as vitórias militares de Napoleão Bonaparte.




Champs Élysées e Arco do Triunfo ao fundo


Foto arquivo pessoal

Champs Élysées

É considerada a avenida mais bonita do mundo e o metro quadrado mais caro da Europa. Nela estão localizadas grifes famosas como Gucci, Chanel, Louis Vuitton.
Além disso, ela mede 7 km  de cumprimento e ao longo dela estão localizados vários prédios históricos como o Museu do Louvre, o Grande Arco do La Défense, os Jardins des Tuileries,  Place de la Concorde e Arco do Triunfo.

Champs Élysées a noite


Mapa que mostra a avenida e os prédios históricos ao longo dela


Palácio de Versalhes

Palácio de Versalhes, em francês, Chateau de Versailles, fica na cidade de Versailles, pertinho de Paris. Pra ir até lá é só pegar o trem RER C no sentido Versailles Rive - Gauche, em uma das estações de metro de Paris, e descer na última parada. Da estação de trem você pode ir a pé até o Palácio pois é muito perto. Se quiserem detalhes de como comprar o bilhete de trem acesse aqui.



"Considerado um dos maiores do mundo, o Palácio de Versalhes possui 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque.1 É um dos pontos turísticos mais visitados de França,recebe em média oito milhões de turistas por ano e fica a três quarteirões da estação ferroviária.Construído pelo rei Luís XIV, o "Rei Sol", a partir de 1664, foi por mais de um século modelo de residência real na Europa, e por muitas vezes foi copiado.
Informações tiradas do Wikipedia.

Foto arquivo pessoal


O palácio em si chama muito a atenção pela sua grandiosidade. É uma contrução enorme, rica em detalhes de ouro e pinturas por todos os lados. Eu fiquei impressionada com a beleza do local. Os quartos são enormes, camas enormes, e você vai ouvindo a história pelo tour guide e vai se interessando cada vez mais. O jardim é imenso e maravilhoso. Não andei muito por ele, por isso só tirei essas duas fotos, mas ele é muito maior que isso.


Foto tirada da internet

Eu não me lembro o preço que paguei para entrar no palácio, mas achei esse site aqui que tem todos os valores. Vale muito a pena visitar e ouvir toda a história do local e tentar imaginar como viviam os reis e as rainhas no meio de tanta ostentação. Achei muito válido.






Parte de trás do Jardim
Parte da frente do jardim



Explicação sobre o quarto do Rei


Olha o tanto de ouro que tem na cama do Rei


Galeria Lafayette e Printemps

São duas lojas enormes de departamento, com decorações lindas e sempre lotadas. Estão localizadas uma ao lado da outra 
50 boulevard Hassmann 75009 Paris.
A Printemps tem um andar bem mais fino e chique que a Lafayette, e tem a conhecida doceria Ladureé e a padaria do chefe Alain Ducasse.
Mesmo que você não queira comprar nada, vale a pena conhecer as duas. A parte de cosméticos das duas é incrível.



Lafayette




Printemps


Fora esses lugares que visitei em Paris, não deixem de fazer um passeio de barco pelo Rio Sena, visitem os Jardins du Trocadero, o bairro de Monmartre, a igreja Sacre Couer, o Museu D'Orsay e a galeria de artes Georges Pompidou.

O que fazer nos arredores de Paris

Disneyland



Quando visitei Paris, tirei 1 dia pra ir ao outlet e a EuroDisney.Eu sugiro esse passeio apenas pra família com crianças ou para quem gosta muito de parque e da Disney em específico.

O parque é como o Magic Kingdom de Orlando. Com o castelo da Cinderella, montanha encantada, desfile dos personagens e algumas atrações em 3D. O brinquedo de maior adrenalina do parque é a montanha russa do Aerosmith.


Foto do castelo da Cinderella



La Valée Village Outlet
Este outlet fica localizado próximo da Disneyland. Para chegar lá você precisa pegar um trem na estação Gare du Lion em direção a Marne La Valée.
O outlet é bem gostoso, parecido com o Woodburry de NY (veja aqui).  Lá você encontra lojas como Salvatore Ferragamo, Céline, Missoni, Monclair, Lacoste, Furla, Jimmy Choo, Burberry, Versace, Valentino, Coach, Diesel, Guess, Tommy, Ugg e muito mais. Pra quem nao quer pagar caro em Paris, vale a pena dar uma corridinha lá.





Espero que tenham gostado. :)






3 comentários :

  1. adorei Paris......e adorei as dicas

    ResponderExcluir
  2. Parissssssssssssss cidade linda...amei as dicas

    ResponderExcluir