Mais vistos

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Deserto do Atacama - lugar incrivel

Hoje vou falar de um dos lugares mais incríveis que já fui no quesito beleza natural.
Em 2006, passei 20 dias mochilando pelo Chile, junto com mais 3 amigas, meus 2 irmãos e meu primo. E foi a viagem que eu mais gostei e que mais eu tenho saudades. E se tem uma dica que eu dou pra todo mundo é: faça mochilão uma vez na vida, principalmente antes dos 30 anos.
Porque antes dos 30, o espírito aventureiro e desbravador é muito forte na gente,e depois disso, você vai ficando mais exigente, querendo sossego de hotel, cama boa pra dormir bem, chuveiro bom, etc (bom, pelo menos foi o que aconteceu comigo né, mas não é uma regra pra todos).
Mas enfim, vou contar neste post somente do deserto do atacama mas em seguida conto dos outros lugares que conhecemos pelo Chile neste mochilão.


Chegando no Deserto

De Santiago do Chile até o Deserto do Atacama você pode ir de avião, ônibus ou carro. Em qualquer uma das opções, a parada é na cidade de Calama e de lá são mais 100 km até chegar em San Pedro de Atacama. 
Como estávamos mochilando, fomos de ônibus de Santiago a Calama, numa jornada de 24 horas.
Pegamos um ônibus leito, com aquelas poltronas grandes, que deitam, e por sorte éramos os únicos passageiros naquele dia. Tomamos 3 dramins cada um e fomos.
A estrada é um pouco perigosa. É deserta, porém muitos animais cruzam a pista de repente.
O motorista deu várias freadas em cima dos bichos e por várias vezes ficamos com medo. 



Na estrada, no meio do nada, tem vários desenhos como este. Diz a lenda que são os alienígenas que desenham.
Depois de passado o susto, chegamos em Calama e pegamos outro ônibus para San Pedro de Atacama. Dessa vez a viagem seria de 1 hora e o ônibus em lotação máxima, com pessoas em pé, coroas de flores e engradados de refrigerante tudo a nossa volta.

Lotação máxima

San Pedro de Atacama

Ficamos no hostel Mamatierra. O lençol era limpinho, quarto privativo com banheiro, mas cozinha era coletiva. Pelo que eu me lembre o albergue estava meio vazio, Só tinha a gente e mais uns casais.



eu e as meninas ficamos nesse quarto

Primeiro dia fomos conhecer a cidade de San Pedro de Atacama e depois fomos ver o por do sol no Vale de la Luna.


Vale de la Luna 





Por do sol no Vale da Lua. Maravilhoso


Laguna Muscanti e Minisqui

Nunca vi paisagem tão linda como nesse lugar. Quando eu olhava no horizonte, via a paisagem em tons pasteis, parecendo uma pintura feita a mão. Fiquei impressionada. 

Lugar maravilhoso. Até me arrepio.



Eu e meus irmãos. Como éramos novinhos.

A turma toda

Geiser del Tátio

Esse passeio eu não fui. Tinha que acordar as 4 da manhã e eu estava mega cansada. Na verdade só meu irmão, a tati e meu primo foram. O resto ficou dormindo.


Os gêiseres de Tatio são formados quando rios gelados subterrâneos entram em contato com rochas quentes
As grandes colunas de vapor saem para a superfície através de fissuras na crosta terrestre, alcançando a temperatura de 85°C e 10 metros de altura


Meu irmão

Os geisers

 Salar do Atacama



Terceiro dia fomos no salar do Atacama e na lagoa cheia de sal.
O salar é incrível também. Parecem pedras mas é tudo sal.





Essa lagoa super salgada, faz com que as pessoas não afundem. Portanto, ficamos boiando lá por alguns minutos.
Lugar lindo também.


Ninguém afunda na lagoa
That's all folks. Essa viagem foi incrível, e eu recomendo que todos visitem o Deserto do Atacama uma vez na vida.
Beijos e até o próximo

Um comentário :