Mais vistos

sábado, 20 de outubro de 2018

Turistando em Milão

Ahhh que saudades de Milão. Cidade linda, cheia de arte e história.
Vou mostrar pra vcs algumas fotos e os lugares que conheci em Milão em novembro 2017.
Não vou contar detalhes como antes, pois como vcs podem ver, fiquei 1 ano sem escrever aqui por falta de tempo e um pouco de preguiça tbm.
Mas vcs podem me perguntar por aqui ou no insta que eu respondo.

Castelo Sforzesco

Castello Sforzesco é um castelo de Milão construído no século XV por Francesco Sforza,
atualmente acolhe várias colecções dos museus e galerias de arte da cidade.





Galleria Vittorio Emanuele


Essa galeria fica ao lado da Catedral, e lá vc encontra várias lojas de grifes italianas e também restaurantes e cafés.

O piso e o teto da galeria são uma obra de arte a parte. Sem conta a arquitetura do local

Entrada da galeria ao lado da Catedral Duomo
Sem contar o que é bonito esse lugar né


No terraço da galleria tem um bar super descolado para vc tomar um apperol e ver o por do sol de lá de cima

Estava toda enfeitada de Natal. Época mais linda do ano

Catedral de Duomo 

Cartão postal de Milão, a catedral causa brilho nos olhos quando de frente a ela, você vê todos os detalhes esculpidos 'a mão, ha mais de 500 anos atras. É fantástico e inexplicável.




catedral é imensa, com 157 m de comprimento e 109 m de largura. O interior tem cinco naves com uma altura que chega aos 45 metros, divididas por 40 pilares. Possui um transepto com três naves. O estilo predominante da catedral é o gótico flamejante, relativamente pouco comum na Itália.


Igreja San Bernardino alle Ossa



 Construída em 1200 para acolher os ossos do cemitério ao lado que já estava com espaço insuficiente, a Capela foi reformada em 1676 e tiveram a ideia de decorar as paredes com os ossos humanos.
Desde então, a capela se tornou ponto turístico e diz a lenda que Don João V rei de Portugal, visitou a capela em 1796 e se encantou e construiu em Évora uma parecida.



Comidas


Gente, não deixem de ir na sorveteria cioccolati italiani bem atrás da galleria vitorio emanuelle. O sorvete em si nao tem nada demais. O legal são os cones com coberturas que vem junto e o local é super fofo e aconchegante.



Também grudada a galeria, está a pizza mais gostosa que comi em Milão. Fica no tradicional restaurante Ginos 1928

A de proscuitto parma pra mim foi a melhor que ja comi. Eu amo pizza italiana 

Fachada do Ginos ao lado da Galleria Vittorio Emanuelle


Bairros para se perder

Brera 

Vale a pena se perder um pouco no bairro Brera. As ruelas são cheias de lojinhas de arte e design, na maioria são artistas italianos, não tao famosos, que estão mostrando seu talento ao mundo, ali, em algum cantinho do bairro.

Navigli

Aqui fica o famoso canal de Milão, rodeado de bares e restaurantes pra você aproveitar a noite 'a luz do luar e curtir um pouco o clima Europeu, descolado e despretensioso.


O Naviglio Grande é um canal na Lombardia, norte da Itália, que se une ao rio Ticino, perto de Tornavento, até a doca da Porta Ticinese, também conhecida como Darsena, em Milão. Ela cai 34 m ao longo de 49,9 km. 
Durante o dia voce encontra artistas pintando suas obras na calçada, e a noite, pode aproveitar o famoso aperitivo, onde você paga a bebida e a comida é a vontade.

Fui de metro, mas não me contive em tirar uma foto em uma das varias bikes que ficam encostas a margem do canal
Milão é sensacional, aguça a criatividade até mesmo dos menos criativos, e tem muito mais coisas a oferecer, aos poucos vou colocando mais dicas aqui pra vocês.




Nenhum comentário :

Postar um comentário